Supermercados acumulam crescimento positivo de vendas até maio

Em maio, as vendas do setor supermercadista em valores reais – deflacionadas pelo IPCA/IBGE – apresentaram queda de -4,45% na comparação com abril e queda de -0,05% em relação ao mesmo mês de 2013.  No acumulado do ano, de janeiro a maio, as vendas apresentaram alta de 1,62%, na comparação com o mesmo período do ano anterior. Em valores nominais, as vendas do setor apresentaram queda de -4,01% em relação ao mês anterior e, quando comparadas a maio do ano anterior, alta de 6,33%. No acumulado do ano, as vendas nominais cresceram 7,74%.

“Os resultados das vendas do setor até maio continuam positivos. Nossa expectativa é que as vendas em junho e julho possam surpreender positivamente, especialmente pelo maior consumo de produtos de algumas categorias importantes durante o período da Copa do Mundo. Portanto, continuamos com a nossa estimativa de crescimento de vendas para o ano em torno de 3%, apesar das reduções das projeções de crescimento divulgadas pelo Boletim Focus do Banco Central”, afirma o presidente do Conselho Consultivo da Abras, Sussumu Honda.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do mês de maio apresentou variação de 0,46% e ficou abaixo da taxa de 0,67% registrada no mês de abril em 0,21 ponto percentual. Com isso, a variação de janeiro a maio foi para 3,33%, acima da taxa de 2,88% de igual período de 2013. Considerando os últimos 12 meses o índice está em 6,37%, superior aos 6,28% relativos aos 12 meses anteriores. Em maio de 2013, a taxa foi de 0,37%.